Listando categoria: Sem categoria

  • Cartaz e trailer de ‘O Crime da Gávea’

    / 28 de fevereiro de 2017

    Parece que vou ter um ano bastante movimentado e trabalhoso. Meu filme, “O Crime da Gávea”, estreia em março. Agora em fevereiro, começa a reprise da novela “Ribeirão do Tempo”, na Record, de tarde. Estou escrevendo a série sobre Lutero, … continue lendo.

  • / 6 de dezembro de 2016

    Meu amigo Ferreira Gullar morreu e eu nem pude comparecer ao velório. Estava viajando. No momento, não tenho cabeça para falar do quanto estou triste, nem para escrever sobre os papos que batíamos ou sobre os trabalhos que fizemos juntos. … continue lendo.

  • Presidente e “Presidenta”

    / 12 de agosto de 2016

    Presidente e Presidenta. Não é que a palavra “presidenta” esteja errada. A língua é um organismo vivo, como o povo que a fala, em permanente modificação, incorporando novos vocábulos a cada momento e pondo outros em desuso. Não fosse assim, … continue lendo.

  • A Turquia e o cu de Lucrécia

    / 17 de julho de 2016

      Vendo hoje a foto do Erdogan, presidente da Turquia, e sua mulher, Emine, lembrei-me do maravilhoso romance “O Elogio da Madrasta” (quem não leu vá correndo comprar o livro). Nele, o mestre Vargas Llosa conta a história do rei … continue lendo.

  • Touros, o que é mais cruel?

    / 27 de junho de 2016

    Outro dia postei foto minha na Plaza de Toros de la Real Maestranza de Caballeria  de Sevilha. Era apenas visita turística, já que há mais de 20 anos não assisto uma “corrida”. Quando jovem, fui a muitos “toreos”. Lembro de … continue lendo.

  • Borges

    / 15 de junho de 2016

    Um texto de Borges, para complicar um pouco os 30 anos de sua morte: “Una de esas oscuridades, no la más ardua pelo no la menos hermosa, es la que nos impide precisar la dirección del tiempo. Que fluye del … continue lendo.

  • Reflexão sobre o documento lançado pelo PT

    / 23 de maio de 2016

      Tive a pachorra de ler o documento lançado pelo Partido dos Trabalhadores na semana passada, chamado “Resolução Sobre Conjuntura”. Com o perdão dos militantes, foi uma viagem ao passado. Como passei boa parte da juventude lendo materiais de partidos … continue lendo.

  • A História é um pesadelo do qual tento acordar

    / 2 de abril de 2016

    A enigmática frase do velho James Joyce me ocorreu ao observar o panorama político atual. Eu que vivi o golpe de 64, quando estava apenas descobrindo a política e namorando as hostes revolucionárias, fico perplexo vendo parte da esquerda, gente … continue lendo.