Roda de Fogo

/ 1987

Visualize o texto do primeiro capítulo original (PDF)

1986 / 1987

A ideia básica de Roda de Fogo surgiu na Casa de Criação, da Globo. E eu criei a primeira sinopse. Como eu era um iniciante na TV – só tinha feito um trabalho, Roque Santeiro – foi chamado o Lauro César Muniz para assumir a novela. Sob o comando dele, fizemos algumas modificações na história. Mas os primeiros capítulos que o Lauro escreveu foram questionados pela direção da Globo, que então me pediu para tentar outro caminho. Eu retomei a minha sinopse original (ênfase no conflito pai x filho), e escrevi um novo primeiro capítulo, que agradou. Foi a partir deste capítulo que desenvolvemos a novela. Os créditos que, de início, seriam “Novela de Lauro César Muniz, colaboração de Marcílio Moraes”, passaram para “Novela de Lauro César Muniz. Escrita por Marcilio Moraes e Lauro César Muniz”.

A propósito da anunciada estreia de Roda de Fogo, dia 26 de abril, no Globoplay, revirei meus arquivos e encontrei o referido primeiro capítulo, que agora disponibilizo, é só clicar no link acima. Escrevi no sufoco, porque a estreia já estava marcada e eu não podia errar. Foi uma verdadeira “prova de fogo” (aliás, o primeiro título cogitado) para mim: tinha que mostrar que sabia fazer.

Encontrei também o texto do primeiro capítulo escrito pelo Lauro e que não agradou à direção da Globo. É só clicar no link. Disponibilizo ele aqui porque acho que é um documento histórico. Raramente os interessados em dramaturgia de TV podem ter acesso a material como este. Leiam aí, de repente pode-se concluir que a decisão foi errada, que a novela teria sido muito melhor por este caminho.

Visualize o texto da versão não aceita (PDF)

(Abaixo, nos conteúdos relacionados, lançamento e final da novela, na Revista da TEVÊ, do Globo).